Entertainment

Bolsonaro leva a 7ª multa por não usar máscara em SP; complete pode chegar a R$4,5 milhões

A prefeitura de Peruíbe, no litoral sul de São Paulo, informou neste sábado (9) que multou o presidente Jair Bolsonaro por desrespeitar a obrigatoriedade do uso de máscara.

Hospedado no Guarujá para passar o feriado de Nossa Senhora Aparecida, o chefe do Executivo passeou por Peruíbe e aglomerou sem máscara com apoiadores, comeu pastel em uma feira e, mais uma vez, carregou uma criança fardada fazendo gesto de arma com as mãos.

A multa aplicada pela administração da cidade litorânea é de R$500 e tem como base o decreto municipal que estabelece regras sanitárias contra a disseminação do coronavírus.

No início da tarde, o prefeito de Peruíbe, Luiz Maurício (PSDB), criticou a presença de Bolsonaro na cidade e aproveitou para elogiar seu correligionário João Doria, governador do estado.

“Só não percebe a diferença quem não quer. O João Doria e o Rodrigo Garcia veem à Peruíbe e visitam obras, inauguram a Praça Flórida, liberam R$ 5M para arrumar a orla e R$ 22M para nosso hospital. O Jair Bolsonaro vem comer pastel. O que vc quer para o Brasil?”, escreveu o prefeito em suas redes sociais.

Bolsonaro já levou, ao todo, 6 multas aplicadas pelo governo de São Paulo devido a desrespeito do presidente às regras sanitárias. Segundo o Palácio dos Bandeirantes, o valor complete da punição pode chegar a R$4,5 milhões.

O primeiro governador a multar Bolsonaro por não usar máscara foi Flávio Dino (PSB), do Maranhão, em maio deste ano.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button